quinta-feira, 7 de junho de 2007

Encontrado o elo perdido da Luta de Classes?


ATENÇÃO: este é um texto satírico. Se você o levar serio, você é um bocó. Obrigado pela atenção.


A luta de classes é uma teoria controversa. Se alguns a defendem com “unhas e dentes”, outros afirmam não existirem dados reais consistentes que possam comprovar sua existência. A acusação mais comum é que os dados relacionados a ela dependem muito do posicionamento ideológico de quem analisa...
pois bem: eu encontrei uma prova incontestável da opressão dos ricos sobre os pobres!! eu achei o elo perdido da luta de classes!! e ele estava escondido no setor de aperitivos do supermercado...

Todo mundo já comeu um salgadinho nem que seja uma única vez na vida (apesar de dizerem que é impossível comer um só :P). É um tanto obvio que a empresa que domina esse setor é a Elma Chips (ao menos no Brasil). É do conhecimento de todos os diversos aperitivos comercializados pela empresa. Um olhar mais desatento acreditaria que a variedade de sabores existe apenas com o intuito de possibilitar uma maior variedade de escolha pelo cliente... tsc, tsc... Doce (ou salgada) ilusão...

Existe bem mais atrás dos sabores de salgadinho do que crê nossa vã filosofia!!

Todos sabem que existem salgadinhos de variados “pesos” e preços. Dentre os quais, merece destaque a batata "ruffles", que é a que possui o menor “peso” e o maior preço (Geralmente quem é “Boy” compra “Ruffles”). Também merece menção o famoso "Fandangos", que é o que por sua vez possui o maior peso em produto e o menor preço, apresentando a melhor relação custo beneficio para as classes mais populares.
Qualquer um que já tenha observado ao redor deve ter notado que “as massas” quando consomem um salgadinho da elma chips costumam optar pelo “fandangos”, tentando assim encher mais o bucho com menos dinheiro. Seria este um fato banal se não fosse um detalhe: os efeitos colaterais que o fandangos provoca!!
Todo mundo que já comeu aquele maldito salgadinho sabe que o “formato anatômico” que este possui provoca inúmeras lesões nas paredes bucais de quem come (O formato “côncavo” – aliado a impressionante “dureza” do produto – é perfeito para ferir a boca de pessoas indefesas!). Não bastando isso, o sabor extremamente salgado do mesmo também ajuda a aumentar a dor do pobre diabo que o consumir, e o fato dele ser muito duro faz com que o ruído de consumi-lo pareça o de um “cavalo comendo milho”!!! e tem mais - sim, mais ainda!! O fandangos tambem possui a propriedade de grudar seus fragmentos com grande aderencia nas superficies dentarias, fazendo que o pobre que o comeu ainda sofra o transtorno de muitas vezes ser visto com resto de "quirela" - o que é bastante humilhante.
Resumindo: o produto parece que foi criado intencionalmente para humilhar e ferir seu consumidor...

E ai Camaradas? Será apenas coincidência que o salgadinho mais barato (ou seja, “de pobre”) da elma chips provoque danos ao seu consumidor? Será apenas coincidência o “formato anatômico destruidor” aliado a um “precinho camarada”? Ou será a prova definitiva da conspiração dos ricos contra os pobres?

A resposta por enquanto permanece uma incógnita... Mas enquanto isso, recomenda-se as pessoas conscientes consumirem apenas salgadinhos de “marcas genéricas”, cuja “consistência de isopor” não costuma causar muitos danos (a exceção de grudar as vezes no céu da boca e nos dentes :P).

5 comentários:

mueja disse...

-.-

O Cagaum disse...

Vamos então envenenar todos os fandangos do mundo e matar todos os pobres pé-rapados do universo!!! BWA-HAHAHAHAHAHAHAHAHA

Wartogh disse...

auehauheuahe de novo parecendo o batman, ou o questão, aquele cara sem face da liga da justiça.... encucando com os chips! hiauahiuha

o mais engraçado eh q td oq vc disse faz sentido auehauhe, mas eu prefiro acreditar que seja coincidência... até pq o ruffles tbm tem um formânto que às vezes acaba machucando o céu da boca, quando você quebra ele no meio, ele acaba arranhando e tal

Marcos disse...

É uma das provas mais nítidas da discriminação social. Ex.: vc está num local saboreando ruffles, é um sujeito de bom gosto, não poupou em investir no seu bem-estar, deve ser bem sucedido e de inteligência notável. Já, se vc for visto ruminando fandangos, é um fuleiro, não tem paladar, não investe nada em sí, o pouco que tem no bolso é para a passagem e este tapa buraco.
A idéia que se quer passar é esta mesma. Lucra-se vendendo um produto caro para uma minoria rica e lucra-se vendendo ração barata para uma maioria pobre, ou seja, lucra-se sempre.

Glauco disse...

Por isso prefiro Fofura e Skinny.